TESOURO EM VASO DE BARRO

Versão para impressão: tesouro em vasos de barro lição para células

 

INTR.: Deus confiou a nós “fracos, frágeis e imperfeitos”, a grande mensagem redentora. A mensagem da salvação em Jesus Cristo. Paulo fala desta missão se colocando como um “vaso de barro” pequeno e frágil, porém capaz de guardar um tesouro indestrutível. O poder de Deus o capacitava a ser digno de guardar o glorioso tesouro.

I  –  SEMPRE “VASOS DE BARRO”

Em muitos textos, o homem é comparado ao vaso, visto que ambos são feitos do barro (Sl 31.12; Jr 22.28 ). Em outros, a própria nação de Israel é representada dessa forma (Jr. 18:1-6; Is. 30:14. Os. 8:8). O oleiro se torna uma figura do próprio Deus.

“Ó Senhor, tu és nosso Pai; nós o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, a obra das tuas mãos”. (Is.64.8).

O apóstolo Paulo citou os vasos algumas vezes em suas epístolas. Para ele, todas as pessoas eram ou poderiam vir a ser vasos bons ou ruins (Rm 9.21). Ele dá testemunho de si mesmo como um “vaso escolhido” pelo Senhor (At 9.15).

Pergunta p/reflexão:   “que tipo de vaso sou?    Como ME vejo?”

II  –  PAULO INSTRUI A TIMÓTEO – II Tm.2:21

Entre suas instruções ao jovem líder Timóteo lemos algumas condições para ser achado “vaso de honra”

  • Ter palavra branda – 14, 24;
  • Conhecedor da Palavra de Deus – vs. 15;
  • Que evita mexericos – vs. 16;
  • Que foge da injustiça – vs. 19b
  • Está firme na fé, amor e paz – vs. 22

 

III –   O GRANDE TESOURO GUARDADO NO VASO – II CO. 4:7

O Tesouro da Luz do Evangelho. O versículo anterior declara:

  • “Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo” (II Co.4:6)
  • Paulo revela a grandeza deste tesouro também em II Co.5:19-20;
  • Mas a palavra que nos revela o valor deste tesouro em nós é João 14:23 – “Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada”.

Para reflexão: O que eu posso fazer para ser “Vaso de Honra” a este Deus tão maravilhoso?

 

CONCLUSÃO:  Ele habita em nós e quer nos usar para este propósito. Embora sejamos frágeis, Deus nos usa para proclamar as Boas Novas e dá-nos poder para realizarmos sua obra. Aprendemos a enxergar nossos corpos como frágeis vasos de barro. Todavia, em sua fragilidade, guardam um tesouro incomparável – o conhecimento do Evangelho. Portanto, compartilhe este tesouro com aqueles que ainda não o possuem.

 

juniorman23

Leave a Reply Text

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *