FAMÍLIA DE DEUS – IV

INTR.:  O mês de maio é chamado de “Mês da Família”. O amor da mãe, a proteção do pai, o convívio dos irmãos, dos filhos. São vários os aspectos que identificam uma família. Deus também tem uma família. O Reino de Deus é formado por uma grande família. Temos um Pai Celestial e todo aquele que recebe a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, passa a ser filho de Deus (Jo.1:12; II Co. 6:18). Se você recebeu Jesus recentemente, seja bem-vindo à sua nova família.                                                                                                 Esta semana fechamos o ciclo do mês da família aprendendo com Jesus como ser “filhos abençoadores”.

QUEBRA-GELO :-   Você se acha um bom filho?      O que seus irmãos ou parentes pensam sobre você?

De todos os relacionamentos entre pais e filhos narrados na Bíblia, não existe um exemplo mais belo que o amor entre Jesus e seu Pai. Deus instituiu a família, por isso podemos crer que o modelo apresentado em sua Palavra é o ideal para nossas vidas. Uma grande lição que podemos aprender com as atitudes do Senhor Jesus é a obediência irrepreensível.

I   –   JESUS, EXEMPLO EM OBEDIÊNCIA

  1. No Getsêmani, Cristo não clamou simplesmente para que o cálice da ira de Deus fosse passado dele – Mt.26:39,42,44
  2. Jesus demonstra sua completa obediência e submissão ao Pai – Fil. 2:8
  3. Jesus sempre desejou em primeiro lugar – que a vontade do seu Pai prevalecesse na terra e no céu – Mt. 6:10
  4. Quantas vezes nós, filhos, não queremos abrir mão da nossa vontade, esquecendo que este é um gesto de amor aos nossos pais? Jesus não tinha prioridades acima das prioridades de seu pai –Jo.5:30b; 6:38 
  5. Precisamos entender: os filhos têm papel fundamental no sucesso da família – Ef.6:1-2; Col. 3:20

II   –   JESUS, A FÔRMA  –  Rm. 8:29-30

Deus o Pai revela em Mt.3:17; Iz.42:1; Mc.1:11, o prazer que tem no seu filho amado.

É tão forte esta alegria que Ele determina Jesus como o “Modelo” para todos os seus filhos – Rm. 8:29 (filhos semelhantes a Jesus). Ele deseja que sejamos semelhantes a seu filho amado!

  • Independente da condição que estamos, casados, solteiros, viúvos, etc…,somos Filhos. Será que nossos pais também poderiam desejar que todos os outros fossem semelhantes a nós?
  • Poderiam nossos pais dizer sobre nós o que Deus pai disse a respeito do Filho Jesus?

Considerando que Jesus é a fôrma, e que estamos buscando ser parecidos com Jesus, o que podemos fazer para que nossa casa, nosso lar, tenha alegria em nós?

CONCLUSÃO:  Em Gn. 12.1-3 vemos o plano de Deus, famílias abençoadas para abençoar. Deus abençoou a Abraão e, através da sua família, todas as famílias da terra. Mas ordenou como deve ser a vida da família, aos Maridos “amar sua mulher como Cristo amou a igreja e a criar filhos no Senhor” (Ef.5:25-28; Ef. 6:4); à Mulher ordenou a submissão santa (Ef. 5:22,24); e aos Filhos o Senhor mandou obedecer e honrar aos pais (Ef.6:1-3). Assim como Jesus: Amou, Submeteu, e Obedeceu, dando-nos o exemplo de como ser Abençoados e Abençoadores.

juniorman23

Leave a Reply Text

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *